Vai na boa!!!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

Anvisa proíbe venda de lote de extrato de tomate com pelo de roedor

PDFImprimirE-mail

A agência Nacional de Vigilância Sanitária proibiu a distribuição e a venda de um lote de extrato de tomate da marca Quero, produzido pela Heinz Brasil, em Goiás. De acordo com a agência, o laudo da análise do produto apontou que foi detectada "matéria estranha indicativa de risco à saúde humana, pelo de roedor, acima do limite máximo de tolerância pela legislação vigente". O número do lote é L 11 07:35. A resolução determina que a empresa recolha o lote de todo o estoque existente no mercado.

 

 

 

 

 

 

Leia mais...